O Ódio ao Ocidente

Descrição

Aonde quer que se deslocasse, no exercício das suas funções internacionais, Jean Ziegler constatou a hostilidade que os povos do Sul manifestavam em relação ao Ocidente, o que inviabilizava por vezes a adoção de certas medidas de auxílio aos que dele mais precisavam.

O ódio que os países do Sul sentem pelo Ocidente, resultado de um passado colonial e esclavagista, longe de se apaziguar com o tempo, tem-se consolidado e manifestado sob formas diversas, sem que os países ocidentais pareçam querer prestar-lhe a atenção devida. Por isso, identificar as raízes desse ódio, e refletir nos meios adequados para o extirpar, tornou-se uma questão de vida ou de morte para milhões de homens, mulheres e crianças no globo. Como convencer o novo capitalismo globalizado a deixar de sujeitar o resto do mundo à sua dominação? Como levar o Ocidente a assumir as suas responsabilidades? Como conseguir que o estado de direito não seja rejeitado no Sul devido às injustiças que são cometidas em seu nome? Em que condições poderá o diálogo ser reatado?

Jean Ziegler procura responder a estas perguntas fazendo-se valer do seu percurso profissional, rico em experiências no terreno – da Nigéria à Bolívia, das salas de conferência internacionais às aldeias mais esquecidas do planeta – de uma forma sempre vibrante e empenhada.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Ódio ao Ocidente”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *