Romantismo sobrevive…

O romantismo está morto? Claro que está.

Afinal o que fará alguém não gostar de receber carinho? O que fará uma pequena “cria” odiar o seu ninho? Dia vai, dia vem, e as pessoas se importam menos com os gestos que mostram que querem o nosso bem. Um buquê, chocolates, ou qualquer outro miminho sem necessitar de um porquê. Uma mensagem carinhosa, uma declaração de amor gostosa, uma serenata para deixar a tua manhã maravilhosa. Já ouvi gente dizer que não gosta de receber um presente fofinho, mas no momento em que recebeu não conseguiu disfarçar o sorrisinho. Então eu tenho um segredo para desvendar, uma mentira para desmantelar, o romantismo não morreu, as pessoas só têm medo de demonstrar. Vergonha, medo, ou qualquer outra coisa nos impede de mostrar, mas o coração é safado e não para de palpitar, as pessoas amam amar.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *